Depressão e Disfunção Temporomandibular - Tratamento da ATM - Dra. Ivanise Barros

Depressão e Disfunção Temporomandibular

Categoria: Notícias - 26 maio 2010

livre da ansiedade

livre da ansiedade

A interrelação entre disfunção temporomandibular (DTM) e depressão vem sendo discutida ao longo dos anos. Na realidade ainda não se pôde prová-la efetivamente. Não existe um consenso na literatura sobre a relação de causalidade entre fatores psicológicos e DTM. Esta divergência deve-se , provavelmente, a alguns fatores como diferença na seleção de amostras, na metodologia proposta e principalmente a fatores individuais como limiar de tolerância a dor, diferenças cognitivas e comportamentais.

Embora as pesquisas demonstrem níveis aumentados de ansiedade e estresse em pacientes  com sinais e sintomas de DTM, eles pacientes podem ser portadores de algum distúrbio psicológico,  sendo perfeitamente  confundidos como  portadores de  DTM.

Concordo com alguns autores quando dizem que a ansiedade, depressão  e estresse são “colaboradores” no delineamento  patológico das ATMS. Uma vez que, este paciente pode desenvolver bruxismo crônico e irritação das vias neurais, provocando uma maior contratura muscular e consequentemente dor crônica.

Um questionamento antigo é : será que uma pessoa que não possua nenhuma patologia na ATM pode desenvolver dor nesta região, ou será que pacientes com estresse e ansiedade perpetuam seus sintomas ?

transformação

transformação

Uma paciente me perguntou se era normal ela ficar “triste” toda vez que ela sentia dor de cabeça. Obviamente a ciência explica este fenômeno através da condução neural dos impulsos de dor. O processo álgico (dor),  até que ele seja percebido pelo córtex cerebral também passa pelo sistema límbico, que é responsável pelas emoções. Então na realidade é uma via de mão dupla. Pacientes  com dor crônica  também podem apresentar distúrbios do sono e sintomas de ansiedade e depressão, tanto  no envolvimento quanto na origem e perpetuação da dor crônica e outros sintomas…

Compartilhe!
    

    Comentários (38)

     

    1. dani disse:

      olá!!!
      fazem 8 meses que tenho muitas dores musculares…
      sintomas horríveis:só tristeza,insonia,sinto que estou com doenças k os médicos não querem revelar,não consigo dirigir,penso só besteiras,e me vejo com a doença(cancer na garganta)que meu pai faleceu disso…já fiz vários exames e nada consta…mas tenho dores fortes n anuca,pescoço…!!!pode ser depressão???

    2. Sara disse:

      ol[a, az cinco meses que coloquei um implant, e a partir desse dia estou sentindo dores de cabeca, na regiao do ouvido e no ouvido, na regiao do implante e tbem na garganta, já fiz ressonancia da atm, tomografia e raio-s, video-laringoscopia e nao foi diagnosticado nada, será que posso ter problema na atm mesmo nao aparecendo nos exames?
      preciso mto de ajuda, ja procurei 11 profissionais e ainda nao tive solucao,
      obrigada,
      sara.

      • Olá Sara, reponder a esta questão sem um exame prévio é difícil. Por exemplo não tenho dados onde foi a região do implante, como está funcionando a nível de oclusão, etc. Só uma consulta detalhada poderia detectar. Porque muitas vezes, a ATM é analizada sob o ponto de vista apenas da dor. Se não há dor na ATM, muitas vezes o diagnóstico é tido como “normal”. Contudo, a própria dinâmica de abertura e fechamento da mandíbula, quando alterada, pode sobrecaregar a ATM e provocar uma disfunção sem, contudo, a pessoa ter dor diretamente nesta região. Onde você mora?

    3. Clóvis disse:

      Venho há mais de 10 anos tendo uma vida altamente estressada.Perdi minha mãe em 2006, fui à falência nos meus negócios e passei por uma fase financeira terrível.Entrei numa depressão e comecei um tratamento psiquiátrico e faço terapia com psicóloga.
      Sou altamente ansioso, hoje não me considero mais um estressado,tomo cymbalta 60mg e contra a ansiedade tomo eutonis 1mg.
      Tenho fortes dores na mandíbula, fico irritado por conta dessas dores, sofro também de artrose no quadril esquerdo, por conta disto deixei de praticar esportes(corrida e futebol) minhas paixões.
      Graças a Deus, sou muito bem casado, tenho duas filhas maravilhosas, comecei um novo trabalho dentro do mesmo segmento no qual fui à falência mas, o atual momento financeiro é muito favorável e estou esperançoso em retomar a vida e crescer muito profissionalmente.
      Mas, os fortes sintomas que toda esta crise me deixou, ainda fazem parte da minha vida.Agora mesmo, estou escrevendo este e-mail com fortes dores na mandíbula e muito longe de casa(a atual profissão de representante comercial às vezes me faz passar 15 dias longe da minha família).
      Procuro uma forma de aliviar esta dor e não consigo.Apesar de estar medicado, não consigo vencer esta dor na mandíbula.
      Alguém pode me ajudar a aprender a RELAXAR??????

    4. Priscilla disse:

      Olá.
      Como este Clóvis. Eu também tenho dores na ATM a cerca de 5 anos. Sempre fui super estudiosa, quando as dores começaram eu me sentia desanimada, não consegui nem estudar mais. Descobri queo desanimo era causado pelas dores, quando minha mãe leu numa revista. Quase entrei em depressão. Sou casada, não tinha ânimo, nem para tarefas simples, como lavar louça. Começei me sentir um nada. Mas percebi que sem dores, fico bem animada e faço muitas coisas, na profissão e em casa.
      Tenho dores dos dois lados,uso a placa, mas nem assim melhorei.

      O que você sugere como tratamento?

    5. Gabriela disse:

      Em 2009 descobri que tinha problema na atm. Quando estava em fase de crescimento sem perceber eu mastigava so de um lado. O meu rosto de um lado nao desenvolveu por causa disso… Comecei a fazer tratamento e o musculo do lado que era fraco desenvolveu mas hoje sinto MUITAS DORES, so Deus sabe o tanto. Sinto dor na nunca, nos ombros, nao consigo nem dormir mais de lado pq se eu deitar em cima do ombro doi. Agora estou tendo dificuldades para mastigar pq doi, ao abrir a boca tambem. O que que eu posso fazer para aliviar a minha dor? Tenho 18 anos, preciso de ajuda.

    6. BRUNO disse:

      boa noite doutora, muito legal seu site.
      FIZ UM RETRATAMENTO DE CANAL 3 MESES, DEPOIS DESSE DIA COMEÇEI A SENTIR DOR DE CABEÇA, OUVIDO, DOR NA NUCA, VOLTEI AO DENTISTA E ELE DISSE QUE NÃO “É O CANAL”
      O TRATAMENTO PODE TER DESENCADEADO UMA ATM???
      OBRIGADO PELA ATENÇÃO
      TENHO MÁ OCLUSÃO DENTÁRIA…

      • Obrigada Bruno. Veja bem, o tratamento de canal não desencadeia nehuma patologia na ATM. Em alguns casos, o fato de ficar muito tempo de boca aberta causa um desconforto na região. Contudo, se você não possuia nehum tipo de patologia na região este desconforto seria temporário, mas se existia uma patologia, mesmo assintomática(sem sintomas prévios), ela pode aparecer após o tratamento. Não causada por ele, ressaltando, mas como uma patologia prexistente que se fez sintomática. Só uma boa anamnese e xame clínico para chegar a um correto diagnóstico.
        Att. Dra. Ivanise Barros

    7. Gisele disse:

      Eu não sei se tem relação depressãoXdisfunção-temporomandibular, mas posso relatar que tive duas crises uma no ano de 2007 e outra no ano de 2009, em ambas estava vivendo momentos de puro estresse. Acho que eu sou bicho raro, pq eu não conheço ninguém que tenha sentido essa dor, no ano de 2007 senti dores profundas do lado direito do meu rosto, é como se a metade da minha cabeça doesse e a outra metade não, já no ano 2009, foi a mesma coisa, mas do lado esquerdo, a sensação é horrível !
      Não quero nem me lembrar, só pensar já dói o meu rosto. A outra sensação nítida que eu tinha era que os meus dentes ( do lado em que doía ) estavam soltos e doías todos.
      O mais incrível q do outro lado do rosto e da cabeça eu não sentia nada.

      • Luiz Tavares disse:

        Se serve de consolo, sinto falta de ar (ansiedade) e dores na atm, sempre juntas e em momentos de tensão. Exemplo: engarrafamento… e olha que aqui no Rio dá para fugir dos engarrafamentos razoavelmente. Infelizmente, nos últimos meses tenho sentido todos os dias, e tomo rivotril 0,5mg para segurar a onda! é horrível a sensação! Mas como já tive momentos de estabilidade, acredito que vá melhorar com o tempo e com as circunstâncias favoráveis. De qualquer forma, acho estas duas coisas estão relacionadas sim, e não tem ninguém que investigue isto a fundo. Outra coisa é a sensação de deflagração dos sintomas quanto tendemos ao relaxamento. Quando estou trabalhando me sinto “bem”, logo que saio do trabalho parece que relaxo e começo a entrar na onda ( que o remédio segura um pouco!) É DOIDERA ISSO??? obrigado

    8. daniele da silva disse:

      oi gostaria de saber se estou com atm,faz 3 meses q perdi minha mãe estou muito nervosa e ansiosa,ai comecei a sentir meu maxilar estalar e so mexer a boca e sinto dores horriveis perto do ouvido,mas meu ouvido ñ esta inflamado, o q pode ser então.

      • Querida, em primeiro lugar gostaria de dizer que lamento p acontecido. Segundo esclarecer que a articulação Temporomandibular(ATM), faz parte da estrutura facial de todo mundo. O que difere é que existem articulações sadias e outras que estão com algum tipo de patologia. Geralmente as pessoas só procuram algum profissional da área quando estão com dor ou algum sintoma diferente como estalidos ou zumbidos. No seu caso, especificamente, é preciso fazer uma avaliação desses sintomas que estão ocrrendo pois, os sintomas denunciam alguma alteração de forma ou patologia existente. Contudo, antes de dizer se existe algo acontecendo de fato, é importante uma consulta com um especialista.
        Att. Dra. Ivanise Barros

    9. daniele da silva disse:

      oi Dra.muito obrigado pela sua atenção,procurei um especialista buco maxilo,ele ñ pediu nenhun exame mas pelos sintomas disse q é dtm,me passou medicamentos pra dor,e pediu pra min mandar fazer uma placa de resina pra usar,so assim ele disse q vai melhor minhas dores q por sinal estão horriveis,famos ver o resultado de tudo isso,espero q melhore pois ficar com dor ñ da muito obrigado ate +

    10. Karen Cruz disse:

      oi tudo bem?
      Sofro de dores de cabeça e rosto diarias que as vezes se irradiam para o ombro há 12 anos…tenho 27 anos agora….
      Posso dizer que a dor causou uma enorme apatia e desesperança…revolta tb…
      Uso aparelho desde os 15 anos, pois alem da má oclusao( q ainda possuo) possuo tb biprotusao maxilar…
      Jah fui a diversos medicos , buco, dentistas e todos dizem que tenho DTM…
      Mas a dor de cabeça continua :(
      E a qualidade de vida piora cada vez mais, pois a sensaçao eh que parece q naum vou me curar nunca…
      Procuro soh comer alimentos pastosos, mas msm assim, por ex. com um bocejo qnd vejo a mandibula trava :(, o rosto fica inchado…
      Arranquei os pre-molares superiores pois a protusao superior é minima e daqui a 6 meses vou me submeter a uma cirurgia de mandibula…
      Naum ha algo q eu possa fazer nesse meio tempo para acabar com a dor? Já me receitaram até codeina, rivotril, neozine mas me neguei a tomar, mas eu tomo uns 4 ou 5 dorflex por dia e isso naum pode ser bom :P
      Costumo acordar com muita dor, acho q aperto os dentes, mas como meus dentes ainda estao se movimentando(aparelho) meu dentista disse q a placa naum seria o ideal…
      E essa cirurgia? Na medida em q meus dentes estiverem alinhados naum sentirei mais dor? (correção Prognatismo)
      Obrigada e Parabéns pelo site :)

      • Querida, pelo que li, você ainda não tem um diagnóstico preciso da patologia que acomete sua ATM(articulação temporomandibular). é muito comum Profissionais diagnosticarem como DTM(disfunção temporomandibular). Mas o que é uma disfunção? uma função anormal. E o que está provocando? este diagnóstico vc ainda não possui. É preciso pesquisar para então pensar em tratamento adequado, porque a má oclusão e as dores são sintomas de alguma patologia de base.
        A cirurgia tem uma indicação precisa e os casos que não se resolvem, mesmo após cirurgias não são poucos.
        Att Dra Ivanise Barros

    11. sivonei disse:

      Olá Dra. meu problema começou com uma leve dorzinha na face do lado esquerdo proximo do ouvido, não tenho dificuldades para abrir e fechar a boca, sinto que esta dor não esta influenciada pela movimentação da mandibula, mas é uma dor que tenho quase todos os dias, à quase 3 meses, gostaria da sua opinião. Grata pela atenção.

    12. zeca disse:

      Dra. Faço a mastigação há mais de 30 anos do lado esquerdo, já que não possuo dentes inferiores do lado direito. Logo que comecei a mastrigar do lado esquerdo, tive uns espamos na face, pescoço e ombro que me deixaram aparovados na época, vez que tinha passado por um cirurgia e estava debilitado. Os espamos continuaram a aparecer e logo imaginei que estaria sofrendo do coração e entrei em pânico. Desde então passei por uma série de tratamento psicológicos que na verdade não se resolveu até então. Hoje tenho uma vida complicada, de medos e ansiedade, proveniente desses espamos nos olhos e um intermitentes zumbido que me deixam loucos. Os médicos receitam antidepressivos, que na verdade não resovem nada. A dor na junta da mandibula (ouvido esquerdo} doe muito e me atormentam. Fui em vários otorinos e nada é resolvido, muitos psiquiatras e nada resolvido. Recentemente após ler alguns artigos aqui na net, fui a um dentista, o qual informou que tenho que usar umas placas para recuperar a minha mastigação para depois tratar dos dentes. Ocorre que as dores, zumbido , ansiedade e depressão não me dão sossego. Não tenho qualidade de vida. Qual tipo de prfissional devo procurar para realizar exames dos nervos dessa area afetada da minha face. Por favor me auxilie. Obrigado e desculpa pela longa história, mas era preciso.

      • O melhor especialista a consultar é em DTM(disfunção temporomandibular). Eu não gosto muito de utilizar este termo porque disfunção é um termo genérico que significa que algo não está funcioando normal. Dentro da ATM ou nos músculos relacionados podem haver enfermidades que provocam a disfunção. Portanto utilizo o termo enfermidades na ATM.
        Veja bem, antigamente acredditava-se que todos os problemas da ATM eram devido à ausência de dentes. contudo, sabe-se que não é apenas isso. A ausência de dentes pode piorar um problema pré-existente ou realmetne ser a causa dele. Trabalhamos com um tipo de aparelho ortopédico (DIO)- dispositivo Interoclusal que devolve função. Onde vc mora? Me envie um e-mail para conversarmos melhor!

    13. Cláudia disse:

      Faz exatamente 15 anos que sofro com dores na face, no começo era num lado, juntamente com estalos..fui ao bucomaxilofacial e usei uma placa, de nada adiantou…passei a tomar relaxantes que sempre funcionavam como paleativos…com o tempo começou a doer toda a cabeça, olhos, ombros e costas….parece que tenho algo atravessado na garanta,problemas digestivos e até falta de ar. Sei que sou ansiosa também. Sinceramente, por algum tempo procurei ajuda, fui a uns 4 especialistas…com o passar dos anos piorou, convivo com isso todos dias, trabalho com dor, acordo com dor, é crônico. O que faço, pois moro no interioro do RS e já fui a todos especialistas por aqui. Estou exausta. O que faço?

      • Claáudia, posso t indicar um especialista que trabalha com a mesma linha que eu em Porto Alegre. Trabalhamos com um aparelho ortopédico que trabalha função e não apenas com o relaxamento muscular. Temos tido bons resultados. Se desejar, me envie um e-mail que te indicarei!
        Att.

    14. camila santos disse:

      Já faz um tempo que venho passando por momentos dificeis e muito estresse. Quando acordo meus dentes até doem de tanto que travo durante a noite… Nisso fico com dor de cabeça o dia inteiro, e sem sono a noite. Não tenho mais vontade de fazer nada, e só tenho 25 anos.
      Me ajude?

      • Cara Camila não é apenas o estresse que promove o apertamento dentário. Em momentos de estresse o apertamento aumenta, mas precisa avaliar o que pode estar por trás deste apertamento!!!!!
        Att. Dra. Ivanise Barros

      • Camila, momentos difíceis fazem parte de nosso cuotidinao. Eles algumas vezes acaba reverberando em nosso corpo, promovendo doenças. Você já pensou em procurar um especialista?(psicólogo). Com relação ao travamento, o sistema estomatognático (conjunto de estruturas bucais como ossos, dentes, músculos, glândulas, etc, desenvolvem funções comuns, tendo como característica constante a participação da mandíbula), pode estar respondendo a esse estress exacerbando algo que estava instalado previamente. É comum na fase REM do sono fazermos bruxismo(ato de ranger os dentes), contudo, se ele se prolonga a pessoa pode ter tanto danos nos dentes, quanto em outra parte do sistema estomatognático. O travamento pode estar sendo provocado por um deslocamento do disco articular, que se situa entre a cabeça da mandíbula (côndilo) e o maxilar. é preciso avaliar e diagnosticar corretamente o problema

    15. Carol Emerick disse:

      Olá Drª Ivanise! Conheço uma pessoa que tem uma disfunção grave na ATM, já diagnosticada; ela só abre a boca na medida de pouco menos de dois dedos, porém não sente dores e está com sintomas de depressão. Há alguma relação entre essa disfunção e a depressão mesmo na ausência de dores?

      Desde já, agradeço.

      • Cara Carol, vamos esclarecer alguns pontos primeiro. A dor é apenas um dos sintomas, mas não é único e não indica ausência de doença. Por exemplo: imagine uma pessoa com câncer inicial e que não tem o sintoma dor. Ele começa a ter um aumento de volume no local, porém com ausência de dor. Isto não quer dizer que ela esteja saudável, concorda? Com relação a depressão, existem artigos que corelaconam a depressão com pacientes que possuem dores crônicas. Não tenho como afirmar uma relação direta sem uma investigação prévia.
        Att. Dra Ivanise Barros

    16. Luana disse:

      Dra. Ivanise, sofri ano passado tendo mais ou menos umas semanas de dores intensas inclusive acometendo o ouvido, fui ao médico ele me receitou um anti-inflamatório e a dor cessou, porém já tem umas duas semanas que estou sentindo fortes dores, sinto a ATM inchada, dificuldade de abrir a boca, dor que caminha por todos os dentes, inclusive sinto muita dor no local do siso extraído, dores na nuca, ombro, cabeça e muita apatia, não sinto vontade de fazer nada quando estou assim, já tem uma semana que estou tomando Dorflex para aliviar a dor, porém acordo todos os dias com ela, teve uma noite que acordei e percebi que estava apertando muito os dentes e a dor logo se instalou, tá sendo uma dificuldade dormir! Sempre percebi que aperto os dentes devido a ansiedade e a noite é mais intenso e doloroso.
      Estou perdida! Não sei qual profissional procurar, você pode me indicar algum em Belo Horizonte?
      Está difícil conviver com isso!

      Um grande abraço!

      • Querida, fica difícil te ajudar a distância, mas já enviei um alerta para os profissionais que conheço par que possam me indicar um profissional em Belo Horizonte. É importante verificar se o edema(inchaço) é realmente na ATM ou próximo a ela, pois como fez uma extração recente, pode estar com trismo (que é uma contratura dolorosa da musculatura da mandíbula (masseteres), pode ocorrer após cirurgias orais de grande duração, por infecções ou ainda indício de problemas na articulação temporomandibular (ATM). ‘É preciso investigar.O dentista que fez a exodontia (extração) pode te dar mais orientações.
        Att. Ivanise Barros

        • Luana disse:

          Olá Dra. bom dia!

          Então, a extração eu fiz em 2009, para colocar aparelho ortodôntico, tive também que fazer outras extrações( pré-molares) e os espaços ainda não fecharam completamente, será que isso tem a ver com a dor que sinto devido a má oclusão?

          • Bom dia Luana, o termo oclusão vem sendo bastante discutido na odontologia. Principalmente o papel das desordens oclusais interferindo nas ATMS, cosnsequentemente promovendo dor e desajustes. Veja bem, é importante que fique claro que, uma pessoa pode ter uma oclusão desajustada e não ter nenhum problema na ATM. A dor pode estar vindo concomitante a outro problema. Por outro lado, quando estamos em oclusão dinâmica(durante a mastigação), numa oclusão considerada normal, ou seja com o relacionamento ou o encaixe correto entre os dentes da arcada superior e os dentes da arcada inferior, as superfícies ósseas tendem a sofrer menos danos. Contudo normal não significa sadio. Normal é apenas um dado estatístico. a pessoa pode ter os dentes encaixando perfeitamente e ter uma artrite, por exemplo, começando um processo degenerativo nas ATMS e mudando o padrão de mordida da paciente e não o contrário.É preciso avaliar se realmetne a oclusão está sendo um fator causal(que iniciou o problema), ou é consequência…
            DRa. Ivanise Barros

    17. Bianca disse:

      Oi Dra. Ivanise, alguns anos atrás eu retirei meus sisos do lado direito, e depois da cirurgia passei a sentir alguns estalos ao abrir a boca, mas nada sério. Eu tinha 20 anos quando isso aconteceu, e apos alguns anos eu comecei a sentir dor, porém todos os dentistas falaram que o problema era porque eu sou muito ansiosa e apertava os dentes ao dormir. Todavia, ano passado eu comecei a sentir dor e tentei alguns tratamentos e a minha dentista falou que a minha mandíbula esta correta, sem desgaste. Acontece que há uns três meses atrás eu fui em uma consulta de rotina, pois estava indo morar fora e a dentista mexeu muito no meu maxilar, de um lado para o outro, apertando meu queixo e ficou muito dolorido, e agora não paro de sentir dor, muita dor mesmo, e agora até minha cabeça e pescoço do lado direito estão doendo e eu não sei o que fazer pois estou morando fora e só volto para o Brasil em abril. A Senhora acha que a dentista pode ter feito alguma coisa de errado durante a consulta de rotina, pois nunca senti tanta dor como agora? Teria alguma coisa que eu poderia fazer para aliviar os sintomas até abril? Eu não aguento mais gastar dinheiro e não resolver, e essa dor está me deixando deprimida, não consigo pensar em mais nada. Queria saber se o meu problema pode modificar o meu rosto, tipo modificar a minha estrutura facial? Obrigada. Talvez a Senhora possa me indicar alguem, no Espirito Santo.

      • Querida, pelo seu relato,você tem algum processo em andamento desde muito tempo atrás. O que acontece é que, quando temos um problema de base e ficamos muito tempo de boca aberta, pode agudizar o processo. Os estalidos que relata após exodontia(extração dentária), podem ter começado antes mesmo da extração e você só ter percebido após.O fato de apresentar bruxismo(o ato de ranger os dentes) já pode ser uma consequência desse problema de base, ou não, pois existem outras causas.
        Como moro em Salvador só poderia te ajudar se estivesse aqui pois, via site não posso te examinar nem prescrever nenhuma medicação. Anote meu skype e me add. Ivanisebs para podermos conversar melhor ok?
        TRabalho numa equipe multidisciplinar de Dor no Hospital Magalhães neto e é muito comum pacientes com dor crônica apresentarem angústia, ansiedade, etc. Onde está morando?
        Você pode ter desenvolvido uma dor do tipo neuropática(quando há lesão do nervo) ou referida(quando a área que doi não é o local de origem).Procure uma clínica de dor. Mesmo no exterior eles dispõe desse serviço.
        Infelismente não conheço nenhum profissional no Espírito Santo, contudo se quiser um ai pertinho, ou seja, em São paulo poderia ser o DR. TAnganeli http://www.tanganeliodonto.com.br/. Dê uma olhada no site por favaor.
        Conte comigo!!!
        Att. Dra Ivanise Barros

    Deixe uma resposta

    Notifique-me sem que eu precise comentar: